Ilustração: Nerino de Campos
Texto: Nerino de Campos
Subsecretário: Nerino de Campos

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Râs e princesas

Eu me encontrava sozinho em um bar, quando apareceu uma mulher. Ela estava acompanhada. Minha atenção se voltou para ela. No momento em que a vi, achei que sua boca era pequena para o tamanho da testa. Como a sua pele era muito clara e lisa, eu logo ajeitei, na minha cabeça, a sua fisionomia, transformando-a em uma linda mulher. Às vezes a bebida e a solidão nos leva a viver momentos de grande encantamento e o nosso cérebro contribui para isto, transformando rãs em majestosas princesas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário