Ilustração: Nerino de Campos
Texto: Nerino de Campos
Subsecretário: Nerino de Campos

quinta-feira, 7 de março de 2013

Gostosão!

Eu estava sentado num lugar público, observando as pessoas, tentando com isto adquirir inspiração para escrever, quando um homem se aproximou e sentou-se ao meu lado. Vários lugares estavam vazios, no entanto ele sentou-se ao meu lado e passou a me olhar, meio sério, meio rindo, como a expressão da Mona Lisa. Ele se aproximou mais e mais e seu olhar, agora, era de louco, tarado, pederasta, não sei. Depois perguntou-me se eu tinha fogo. Eu disse não, e ele concluiu: bonito o dia, não?, e eu disse não. Ele me olhou enfurecido. Levantou-se e saiu. Eu o acompanhei com os olhos. Ele parou um pouco adiante. Continuou a me olhar. Eu comecei a tremer. Não sei brigar. O homem cuspiu no chão, depois veio se aproximando, chegando o rosto bem perto do meu ouvido. Ele me morderá a orelha, tenho certeza, eu pensei. Tapei bruscamente as orelhas com as mãos, e ainda consegui ouvi-lo dizer: Gostosão!!! Depois disso ele se foi rebolando, e eu, suando, voltei a escrever.

Um comentário:

  1. Foi sua inspiração. Ela vem das formas mais inusitadas.

    http://apoesiaestamorrendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir