Ilustração: Nerino de Campos
Texto: Nerino de Campos
Subsecretário: Nerino de Campos

domingo, 17 de outubro de 2010


Eu matei uma formiga. Não me senti forte, nem poderoso; aliás, no exato momento, nem pensei no ato de estar matando uma insignificante formiguinha, mas logo essa atitude irracional me levou a pensar no ser humano, na sua capacidade de destruir o belo. As coisas são tão perfeitas, por que nós resolvemos acabar com tudo? Quando o homem descobriu o verbo, o fogo, a roda, não imaginava que isso, um dia, faria dele um monstro poderoso, capaz de destruir tudo, inclusive a si próprio. A partir daí o desenvolvimento humano, a evolução, o seu progresso tecnológico foi todo adquirido através de guerras e destruições. O tacape, a flecha, o canhão, o avião, os foguetes, tudo foi inventado pelo homem com a intenção de dominar outros homens. Eu, como resultado de tudo isto, fiquei olhando aquela formiga caminhando sobre a escrivaninha de tampo de vidro. Ela rodeou o teclado, passou sobre a agenda preta e veio em minha direção. Eu estiquei o dedo indicador da mão direita, posicionei-o um pouco acima e desci com força, esmagando-a no vidro. Só depois de praticar esse ato covarde foi que eu percebi que viver é uma aventura para todos nós, e eu, irracionalmente, acabei com a aventura daquela formiguinha. É claro que ninguém vai aceitar, mas viver é uma aventura também para uma barata.

3 comentários:

  1. Eu matei uma, duas, muitas formiguinhas.
    E fui pisoteada por uma, duas, muitas baratas.
    Believe-me!
    beijo.

    ResponderExcluir
  2. "A arte é a contemplação: é o prazer do espírito que penetra a natureza e descobre que ela também tem uma alma. É a missão mais sublime do homem, pois é o exercício do pensamento que busca compreender o universo, e fazer com que os outros o compreendam".Auguste Rodin

    ResponderExcluir
  3. Formigas, sempre estas "malditas" formigas... (Saudações, Jacson) [PS.: Tenho um caso muito sério com as formigas... certa vez, 'inclusive', fiquei dias sem sair de casa por causa de uma formiga - mas isso é uma outra história - Tenha um ótimo fim de semana.]

    ResponderExcluir