Ilustração: Nerino de Campos
Texto: Nerino de Campos
Subsecretário: Nerino de Campos

sexta-feira, 13 de agosto de 2010


Eu pareço uma pessoa séria. Devido a esta aparência, todos me respeitam e eu dou grande valor a isto. Ninguém sabe quem sou eu. Esta aparência austera esconde uma certa insegurança. Eu jamais revelarei meus sentimentos mais íntimos. No fundo, atrás da aparência, está um homem comum, que se sensibiliza e chora, sem que ninguém perceba, ao assistir a um filme onde é negado um osso a um cachorrinho vira-lata.

5 comentários:

  1. Seriedade não é falta de sensibilidade, e sensibilidade é uma característica que respeito muito.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Uma pessoa séria também pode chorar...
    Às escondidas, claro está, para não correr o risco de passar de "pessoa séria" a simples "pinga-amor".

    Choro por tudo e por nada, sempre escondendo as lágrimas. Tenho uma arca cheia delas, no sótão.

    L.B.

    ResponderExcluir
  3. Entendo vc sabe realmente tem coisas que nao da pra se revelar.

    bjs
    Insana

    ResponderExcluir
  4. E quem não é assim? Quem nunca disfarçou a lágrima e tossiu alto, enquanto assistia Marcelino, Pão e Vinho?

    ResponderExcluir
  5. O quê!?... Jesus vivia chorando, só não está nas escrituras, é que Ele também chorava onde é mais quentinho: debaixo do cobertor.


    ##

    ResponderExcluir