Ilustração: Nerino de Campos
Texto: Nerino de Campos
Subsecretário: Nerino de Campos

sexta-feira, 6 de agosto de 2010











Eu já fui jovem e a lembrança disso é nostálgica e grandiosa. Quando me lembro é como se só eu tivesse sido jovem, e através disso levasse uma grande vantagem sobre todas as outras pessoas, apesar de todas elas terem sido também. A juventude é uma dádiva, uma benção, e quando a gente está vivendo esta época, não dá o menor valor. Não existe mérito em ser jovem ou velho, e sim, a sensação agradável de sentir toda a falta de responsabilidade que a juventude nos trás.

3 comentários:

  1. Nerino!!
    Concordo inteiramente. O núcleo da juventude está na falta de responsabilidade. Esse é o ponto relevante.
    Adorei.

    ResponderExcluir
  2. Nerino,

    Só não devemos abandoná-la.Tirar ela da cartola vez ou outra faz um bem enorme.
    Bom fds

    ResponderExcluir
  3. A juventude estar dentro de nós.

    bjs
    Insana

    ResponderExcluir