Ilustração: Nerino de Campos
Texto: Nerino de Campos
Subsecretário: Nerino de Campos

sábado, 12 de junho de 2010

Um comentário:

  1. Os objectos não se esgotam na matéria de que são feitos. Eles têm memória e a partir dessa memória se fazem ou não importantes.

    Detesto ter de concordar com a fria filosofia do texto.

    Saudações cordiais

    ResponderExcluir